A inauguração do retrato foi o primeiro ato oficial do Diretor nomeado, logo, o General Mansur pediu a palavra e fez as apresentações convidando o Chefe (Gen Cid) para inaugurar o retrato. É o que manda os regulamentos, O chefe imediato... Mas, como explicou o Chefe do DECEX, reza a tradição que esse privilégio é dato à família, o porto seguro daquele que entra par a história com seu retrato na Galeria de Eternos Diretores. E assim foi feito pela esposa e filha do General Ikeda. 

 

 


O CNOR – Conselho Nacional de Oficiais da Reserva, com quase 22 anos de existência (faltam dias apenas) e criado pela visão de um grande Chefe Militar, o General Gleuber Vieira, tem hoje 21 Associações filiadas.

 

 

Estamos sempre em parcerias aos grandes Chefes Militares. Por exemplo, as 21 Associações que no passado, tinham cada uma um nome com siglas diferentes e complicadas para o Exército entender, foram todas padronizadas como AORE/UF ou CIDADE, pelo General Adhemar quando ainda era o Chefe do CCOMSEx.

AORE significa ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA RESERVA DO EXÉRCITO, e umas poucas como a AORA de Manaus (Associação dos Oficiais R/2 da Amazônia), de onde veio o General Mansur, manteve o nome original.

Já o General Ikeda, antigo Comandante do CPOR/Recife, desde que foi comandar a 11ª RM que mantém laços afetivos com a AORE/Recife.

Lembro que na ocasião da promoção do General Ikeda, o Gen Villas Bôas, então Comandante do Exército, assim postou no Twitter:

Parabéns Gen Bda Ikeda e Cezar pela promoção a Gen Div.
Parabéns Cel Penkal, Allão, Prado e Rolim pela promoção a Gen Bda.
#ObrigadoSoldado! (29 JUN 2017)

Isso acontece em todo o Brasil com os Chefes que chegam e eu lembro, particularmente de um bom amigo que fiz ao chegar Coronel e CHEM da 1ª DE, Mário Fernandes, que a turma dos Gaviões do Cerrado recomendou prestigiar. Hoje o General Mário comanda o COPESP e vai sediar em Outubro o XXI ENOREX (Encontro Nacional de Oficiais da Reserva do Exército) onde funciona a AORE/Goiânia.

Fiz esse preâmbulo todo para dizer da minha alegria ao cumprimentar o General Mansur que não conhecia e ele comunicar que já me conhecia, justamente por sua estreita ligação com o Tenente Fernando, Vice-Presidente do CNOR e antigo presidente da AORA.

Assim me senti em casa, mesmo com a  saída do bom amigo General Ikeda (que assume a 3ª RM em Porto Alegre) já que sou Pesquisador Associado do CEPHIMEx do General Bergo, que é uma Seção da DPHCEx.

Muito prestigiada essa passagem de direção, me vi cercado de amigos nesta quinta-feira, 11 de abril (2019).

Presidida pelo General de Exército Mauro Cesar Lourena Cid, que conheço desde que era o Chefe de Gabinete do General Villas Bôas onde também trabalhava o grande amigo Coronel Luciano Batista de Lima, hoje na DGP, Chefe do DECEx do qual a DPHCEx é uma das diretorias, sempre que vejo esse grande Chefe Militar, lembro do Cidinho, seu filho, hoje Major de mesmo nome, Ajudante de Ordens do Presidente Bolsonaro, e portanto, o acompanhando em todas esta fantásticas viagens, EUA, Israel, Chile...

A inauguração do retrato foi o primeiro ato oficial do Diretor nomeado, logo, o General de Divisão Carlos Alberto Mansur pediu a palavra e fez as apresentações convidando o Chefe (Gen Cid) para inaugurar o retrato.

É o que manda os regulamentos, O chefe imediato... Mas, como explicou o Chefe do DECEX, reza a tradição que esse privilégio é dato à família, o porto seguro daquele que entra para a história com seu retrato na Galeria de Eternos Diretores. E assim foi feito pela esposa e filhos do General de Divisão Riyuzo Ikeda.

Após as trocas protocolares de lembranças, fomos para o Salão de Honra, para a cerimônia de passagem de Direção do Órgão.

Como disse, muito prestigiada, contando inclusive com a presença dos Cônsules do Japão, México e Rússia.

Foi, após as honras militares ao Chefe do DECEX, cantado a Canção do Exército.


Casal Coronel Juliano & Elisete, antigo Comandante do CPOR/RJ

Depois ouvimos as despedidas protocolares do General Ikeda após o que o General Cid leu sua referência elogiosa.

Depois foi lido o currículo do General Mansur e o General Cid, acompanhado dos Generais Ikeda e Mansur, ocuparam suas posições no dispositivo para a entrada da Bandeira Nacional.

Disseram as palavras regulamentares, se cumprimentaram, a Bandeira se retirou e foram se apresentar ao Chefe, um por passagem de cargo e outro por ter recebido a Direção da DPHCEx.

E assim terminou a presente cerimônia com uma enorme fila de cumprimentos

 

 

 

 


 

Joomlashack