Presidido pelo General de Divisão Décio dos Santos Brasil, Vice-chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, acompanhado do General de Divisão André Luis Novaes Miranda, Diretor de Ensino Superior Militar e demais autoridades civis e militares a formatura contou com a presença de muitos ex-alunos, pertencentes à AORE/RJ – Associação dos Oficiais da reserva do Exército cuja sede é no próprio CPOR/RJ. Presente também o Tenente Clavery, Presidente da AORE/Petrópolis que veio prestigiar essa data.

 

 

 


O Tenente Coronel Correia Lima nasceu em 4 de Novembro e o Exército Brasileiro, para homenageá-lo, consagrou esse dia como o Dia Nacional do Oficial R/2.

Oficial R/2 (Reserva não remunerada) é o egresso de um Órgão de Formação da Reserva com os cinco CPOR e mais de 60 NPOR.

Hoje, podendo ficar na ativa por até 8 anos, são então chamados de Oficiais Temporários quando a mais correta designação era a da minha época, Convocado.

Mas o que importa é que hoje, sexta-feira 10 de Novembro, o Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Rio de janeiro, justamente o primeiro a ser criado pelo patrono Correia Lima em 1927, comemorou esse dia com pompa e circunstância.

Presidido pelo General de Divisão Décio dos Santos Brasil, Vice-chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, acompanhado do General de Divisão André Luis Novaes Miranda, Diretor de Ensino Superior Militar e demais autoridades civis e militares a formatura contou com a presença de muitos ex-alunos, pertencentes à AORE/RJ – Associação dos Oficiais da reserva do Exército cuja sede é no próprio CPOR/RJ.

 

Presente também o Tenente Clavery, Presidente da AORE/Petrópolis que veio prestigiar essa data.

 

Estava também o Tenente Coronel de Artilharia Sandro Gomes, próximo Comandante do CPOR/RJ.

 

Na hora marcada deram entrada no pátio Major Apollo o General Brasil, acompanhado do General Novaes e do Coronel de Infantaria Luiz Cyrillo de Lima Junior, Comandante do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Rio de Janeiro.

Foram prestadas as honras militares ao General Brasil, o Ten Cel Marcelo, Subcomandante, apresentou a tropa e na sequencia foi entoada a bela Canção do CPOR/RJ.

Ouvimos a Ordem do Dia lida pelo Tenente Monteiro, antigo Presidente do CNOR.

 
Lilian Sá, antiga Deputada e Mergulhinha

Na sequencia a Bandeira Nacional ocupou sua posição no dispositivo par aposição da Medalha Verde-oliva Major R/2 Joaquim Thiago da Fonseca.

 

Foram agraciados o Gen Brasil, Gen Novaes, Cel Barroso, os Tenentes Sava, Barros, Torreão e Bernardes.

Ouvimos as palavras do General Brasil e em seguida, a tropa desfilou em sua continência tendo a frente o Grupamento da AORE/RJ.

 

 

 


 

Joomlashack