Em todo o Brasil, de Norte a Sul e de Leste ao Centro Oeste, os desfiles de Sete de Setembro tiveram presença marcante de integrantes das AORE’s regionais. No Rio de Janeiro, aonde a AORE/RJ mais uma vez mostrou na Avenida Presidente Vargas todo seu garbo e marcialidade, ao par da bela Guarda Bandeira guarnecida por Oficiais R/2 armados de espada, o símbolo do Oficial teve uma singela diferença não notada pela multidão.

 

 

 

 


Em todo o Brasil, de Norte a Sul e de Leste ao Centro Oeste, os desfiles de Sete de Setembro tiveram presença marcante de integrantes das AORE’s regionais.

No Rio de Janeiro, aonde a AORE/RJ mais uma vez mostrou na Avenida Presidente Vargas todo seu garbo e marcialidade, ao par da bela Guarda Bandeira guarnecida por Oficiais R/2 armados de espada, o símbolo do Oficial teve uma singela diferença não notada pela multidão.

Nos últimos 20 anos, isso mesmo, vinte longos anos, o público se acostumou a ver na frente, comandando o Grupamento, a figura solitária do Tenente R/2 de Artilharia Sergio Pinto Monteiro, Presidente do CNOR.

O CNOR – Conselho Nacional de Oficiais da Reserva, hoje com 22 AORE’s filiadas, depois de 20 anos terá no próximo XIX ENOREX (Encontro Nacional de Oficiais da Reserva do Exército) a se realizar aqui nesta cidade de 9 a 14 de Outubro, novas eleições para a sua Presidência.

E assim, após o desfile de seu Grupamento, o Presidente do CNOR foi para o Palanque aonde, acompanhado de sua filha, recebeu o cumprimento dos Chefes pela bela e derradeira participação à frente do desfile.

 

 

 


 

Joomlashack